sexta-feira, 3 de junho de 2011

Aquilo tudo ainda não morreu. Eu não deixei de acreditar no que eu sinto, eu só deixei que adormecesse para que eu pudesse sobreviver a longa espera do teu encontro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aquilo tudo ainda não morreu. Eu não deixei de acreditar no que eu sinto, eu só deixei que adormecesse para que eu pudesse sobreviver a longa espera do teu encontro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário